TAG: 5 Músicas que me definem

10:41:00

Depois das Tags "Vintage Summer" e "Divas Retrô ou Vintage" agora é a hora da postagem coletiva dos blogs desse segmento falarem sobre "5 músicas que me definem", tag sugerida pela Inajara Bow do blog Vintage Geek

Eu sou uma pessoa muito musical, acredito que música faça parte da minha vida, pois tenho músicas para todos os momentos. Algumas pessoas quando estão sozinhas em casa ligam a TV para ficar "algum barulho" no lar, eu preciso ter música e isso já me deixará bem.

Acho essa tag tão difícil quanto as Divas Vintage, pois 5 músicas para nos definir é muito pouco, considerando que tenho músicas para todas fases. Vou citar algumas que fazem parte, mas não as limitaria para algo definitivo.

"Esse tal de Roque Enrow" - Rita Lee: Essa música representa a minha adolescência. Quando comecei a ouvir rock e minha família não entendia muito bem o que isso significava, acreditando que o rock realmente era algo do mal. Acredito que muitos leitores aqui já passaram por isso.


"Girl You'll be a woman soon" - Urge Overkill: A música faz parte da trilha sonora do filme Pulp Fiction do Tarantino. Eu acredito que toda garota um dia se tornará mulher. E quem nunca ouviu que "The boy's no good".



"Ain't no Sunshine" - Bill Withers: Considero essa música linda e me identifico com ela pelo fato que eu sempre quero fazer algo novo e diferente e muitas vezes isso faz eu deixar outras coisas. Partindo.


"Ela Partiu" - Tim Maia: Ainda na ideia de partidas. Amo essa música de uma maneira mais particular. E como não amar Tim Maia que fez músicas tão intensas.


"Cherry Bomb" - The Runaways - Uma banda feita apenas de garotas, quem nunca sonhou em ter a sua. Além de ter apreço pela banda, gosto dessa música pelo que ela representa. Mostrando que todas as garotas doces, podem explodir a qualquer momento.


Espero que gostem da seleção. Gostaria de por muito mais músicas, mas acredito que essas estão fazendo mais sentido nesse momento.

Você também vai curtir

10 comentários

  1. Rita Lee, Tim Maia...só música boa!!!
    Eu não conhecia Urge Overkill, curti! =D

    Beijos, Pri ♡
    vintagepri.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Confesso que essa é a única música boa que gosto deles Pri. Beijos

      Excluir
  2. Amo o Tim maia,e adorei conhecer o Urge Overkill
    suas escolhas são realmente sua carinha :)
    Beijos
    pinagirlscris.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que fofa Cris, fico feliz quando conseguem me ver assim :) Bjs

      Excluir
  3. Confesso que nunca ouvi "The boy's no good" e ainda não assisti Pulp Fiction, não me julguem, hehehe AMEI o som, mais um motivo pra eu ver o filme NOW. E já baixei a música, de tanto que curti.



    De volta ao retrô | Twitter | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha, assista sim Ari, os filmes do Tarantino merecem ser assistidos. E esse som fico feliz que tenha gostado, sempre que ouço fico com leve vontade de dançar rs. Beijos

      Excluir
  4. Tim Maia tem um lugar especial no meu coração, amo as musicas, a interpretação , tudo... E Rita Lee é Rita Lee... amoooooo...

    Bjus
    www.misscherry.com.br

    ResponderExcluir
  5. Querida Daise como vai?
    Hoje tirei a tarde para visitar meus blogs favoritos e não poderia deixar de prestigiar o seu.
    Eu amei sua seleção de músicas! Curti muito por você incluir algumas pitadas de MPB, a boa música brasileira vale a pena ser lembrada. Você já sabe como eu amo a Rita Lee, adoro principalmente sua fase pós Mutantes e nos anos 70 ela arrasou e também nos anos 80 lançou muita coisa boa. Ain´t no sunshine do Bill Withers é uma delícia de música! grande clássico da Soul Music. Runaways nem se fala puta bandaça feminina, cê já deve ter assistido o filme contando a história delas né??
    Um encanto de filme. Ainda não assisti Pulp Fiction acredita? Grande clássico do Quentin Tarantino. Vou colocar na minha lista.
    Deixo aqui um super beijo de sua amiga retrô, Cris.
    www.mixdacrisretro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cris, obrigada pela presença e pelo comentário tão dedicado. Sim, no Brasil também temos grandes clássicos, não podemos deixar de gostar de alguns. The Runaways já assisti o filme também e essa é a banda que inspirou uma das minhas tatuagens. Assista Pulp Fiction, acho que filmes do Tarantino sempre devem ser assistidos hehe.

      Beijos

      Excluir

Leituras de uma Mente Flutuante

Na Tela de uma Mente Flutuante

Delírios de uma Mente Flutuante

Subscribe